Antigo Asilo Colônia Aimorés

Bauru | Assistência e Saúde

Localização: Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, Km 225/226 – Bauru

O asilo colônia Aimorés, inaugurado em 1933, é um remanescente da rede paulista de profilaxia e tratamento da hanseníase, erguida com base no modelo hospitalar de isolamento adotado no Brasil no início dos anos 1920, quando a internação compulsória dos hansenianos foi determinada por força de lei. Sua implantação foi concluída na década seguinte, com a construção de cinco asilos colônia: Santo Ângelo (Mogi das Cruzes), Padre Bento (Guarulhos), Pirapitingui (Itu), Cocais (Casa Branca) e Aimorés (Bauru). A estrutura profilática e de tratamento ainda era composta por ambulatórios denominados dispensários e por preventórios, orfanatos para filhos sadios de hansenianos internados.

O antigo asilo colônia Aimorés foi pioneiro das pesquisas sobre a hanseníase, constituindo uma referência mundial no assunto até hoje, ao Instituto Lauro de Souza Lima.

Além de valores históricos e arquitetônicos identificados, o tombamento em questão considerou o reconhecimento como patrimônio cultural dos remanescentes de um capítulo doloroso e relegado da história da saúde em São Paulo, restabelecendo o seu direito à memória em âmbito público.

Fonte Processo de Tombamento

Número do Processo:  28728/91

Resolução de Tombamento: Resolução 21 de 15/03/2016

Livro do Tombo Histórico:  inscrição nº. 455, p. 137.

Publicação do Diário Oficial