Parque Tenente Siqueira Campos – TRIANON

São Paulo | Infra-estrutura

Localização:  Avenida Paulista

Toda a área que compreende o Parque Siqueira Campos e o MASP pertenceu ao coronel José Ferreira de Figueiredo, que a adquiriu, em 1892, por ocasião do loteamento efetuado por Joaquim Eugênio de Lima, na antiga Chácara Bela Cintra. Vendeu-a, em 1907, a Francisco Matarazzo que, em 1911, transferiu a propriedade à prefeitura para ali instalar o belvedere e o jardim público, este último praticamente pronto, em 1918, segundo relatório do prefeito Washington Luís Pereira de Souza. No Trianon, um italiano construiu um luxuoso restaurante-confeitaria, tornando-se local de encontro de ricos cafeicultores e políticos que ali realizaram convenções do Partido Republicano, homenagens e banquetes. A decadência do local liga-se à crise de 1929, ficando abandonado até 1968, quando foi restaurado por Burle Marx, visando a preservação da vegetação natural, remanescente da mata do Caaguaçu.

Fonte Julita Scarano

Número do Processo: 20749/78

Resolução de Tombamento:  Resolução 45, de 13/05/1982.

Livro do Tombo Arqueológico, Etnográfico e Paisagístico: inscrição nº 8, p. 33, 13/08/1986

Publicação do Diário Oficial

Área Envoltória: Resolução SC 104, de 01/11/2013; retificação na Resolução SC 131, de 26/12/2018.

Publicações do Diário Oficial