E.E. Cel. Justiniano Whitaker de Oliveira

Localização:  Rua Cel. André Ulson Junior, 32 РCEP 13600-000 РAraras

Código Sec. Est. Educ.: 05.41.106

Sob a direção do Sr. Maurício de Camargo o magnífico prédio desta escola com 10 salas para 45 alunos foi inaugurada em 7 de julho de 1901 pelo Dr. Mário Bulcão, então Inspetor Geral do Ensino, representando o Governo do Estado.

√Č uma das integrantes de conjunto de 126 escolas p√ļblicas constru√≠das pelo Governo do Estado de S√£o Paulo entre 1890 e 1930 que compartilham significados cultural, hist√≥rico e arquitet√īnico. Essas edifica√ß√Ķes expressam o car√°ter inovador e modelar das pol√≠ticas p√ļblicas educacionais que, durante a Primeira Rep√ļblica, reconheceram como inerente ao papel do Estado a promo√ß√£o do ensino b√°sico, dito prim√°rio, e a forma√ß√£o de professores bem preparados para tal fun√ß√£o. Quanto √†s pol√≠ticas de constru√ß√£o de obras p√ļblicas, s√£o representativas pela estrutura√ß√£o racional de se instalar edifica√ß√Ķes adequadas ao programa pedag√≥gico por todo o interior e capital do Estado.

Destaca-se a qualidade do conjunto caracterizado pela t√©cnica construtiva simples, consolidando o uso de alvenaria de tijolos e por uma linguagem estil√≠stica que simplificou os atributos da tradi√ß√£o cl√°ssica acad√™mica. A organiza√ß√£o espacial era concebida incorporando preceitos e recomenda√ß√Ķes de higiene, insola√ß√£o e ventila√ß√£o previstos na cultura arquitet√īnica que vinha se firmando desde o s√©culo XIX. O programa pedag√≥gico distribu√≠a essencialmente salas de aulas ao longo de eixos de circula√ß√£o em plantas sim√©tricas. Aos poucos se firmaram em projetos arquitet√īnicos padronizados que se repetiam com pouca ou nenhuma varia√ß√£o em mais de um munic√≠pio.

Fonte Processo de Tombamento

N√ļmero do Processo:¬†¬†¬†24929/86

Resolução de Tombamento:   Resolução 60 de 21/07/2010

Livro do Tombo Histórico:

Publicação do Diário Oficial

 

Rolar para cima