Capela de Nossa Senhora da Boa Morte

Campinas | Religioso

Localização: Rua Benjamin Constant, 1651, Centro – Campinas

O desenvolvimento da cidade de Campinas deve-se à prosperidade da cultura do café e à sua comercialização. É a partir da década de 1870 que se intensifica o crescimento urbano, com a implantação da Estação da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, além de outras melhorias, entre elas, a construção da Santa Casa de Misericórdia e Capela de Nossa Senhora da Boa Morte, contida em seu interior. Inaugurada juntamente com o hospital, em 15/8/1876, a capela foi construída pelo padre J. J. Vieira, sob os auspícios do barão de Monte Mor. Possui na fachada três estátuas simbolizando a fé, a esperança e a caridade. No interior, o coro é decorado com pintura mural e grade que se prolonga pelas tribunas. Essas grades foram fabricadas pelos irmãos Bierrenbach, de Campinas, e o altar e as estátuas, confeccionadas em mármore de Carrara, por Blás Crespo Garcia, do Rio de Janeiro. O projeto do hospital obedece a uma simetria que pode ser considerada característica dos edifícios desta instituição, em que a Capela, ao centro, é flanqueada por alas simétricas de blocos hospitalares.

Fonte Carlos Lemos

Número do Processo:  08491/69

Resolução de Tombamento:  Resolução de 11/04/1972

Livro do Tombo Histórico:  inscrição nº 124 , p. 22, 04/07/1979

Publicação do Diário Oficial

document

Poder Executivo, 12/04/72, pg. 39